Sony nega ataque hacker à rede on-line do PlayStation 3

Anonymous tuitou que roubou dados de 10 milhões de contas da PSN.
Em abril de 2011, rede ficou fora do ar por quase 1 mês após ataque.

Um tuíte do grupo hacker Anonymous, que afirmava ter roubado 50 GB de dados de 10 milhões de contas da rede on-line do PlayStation 3, a PlayStation Network (PSN), nesta quarta-feira (15) foi negado pela Sony.

O grupo chegou a divulgar um link com um arquivo com supostos nomes de usuário e senhas usados na rede, mas a mensagem foi apagada do Twitter. Shane Bettenhausen, que trabalha na área de negócios da Sony publicou também no Twitter que o ataque não aconteceu, mas sua mensagem foi apagada do microblog.

De acordo com a versão norte-americana no site “Kotaku”, a lista de e-mails e senhas divulgadas pelo Anonymous era falsa e tinha sido publicada originalmente em março de 2012.

Ataque hacker contra a Sony
Um ataque hacker entre os dias 16 e 17 de abril de 2011 obrigaram a Sony a desligar os servidores da rede de games on-line do PlayStation 3 e do PSP, a PlayStation Network (PSN), de jogos massivos on-line da Sony Online Entertainment e do serviço de música pela internet Qriocity no dia 20 de abril. Mais de 100 milhões usuários no mundo tiveram dados como nome completo, endereço e número de cartão de crédito podem ter sido roubados.

O serviço foi restabelecido no dia 15 de maio em todo o mundo. Como recompensa aos jogadores pelo tempo sem poder jogar partidas on-line dos jogos ou comprar títulos no formato digital, a Sony deu games de graça à todos os usuários.

As informações são do G1.

Anúncios

Filha de Michael Jackson diz que voz em álbum póstumo não é de seu pai

Paris Jackson comentou com amigos em um vídeo online que o álbum inteiro “Michael” não teria sido cantado por seu pai

A filha mais velha de Michael Jackson, Paris Jackson, afirmou que a voz no álbum póstumo do cantor não pertence ao seu pai. Segundo informações do site “TMZ”, Paris teria falado que não reconhecia a voz de seu pai durante uma conversa com amigos na internet em formato de vídeo.

No chat com os colegas, Paris colocou a música “Hold My Hand” para tocar e um dos amigos perguntou o motivo de a voz do single ser diferente da do cantor e ela respondeu. “Não é ele! Não é ele no álbum inteiro! Procura na internet… no YouTube e procura por Jason Malachi. É ele”, falou. “Eu saberia se fosse ele ou não, porque ele cantava o tempo todo para mim”, completou.

O disco “Michael” foi lançado em dezembro de 2010 e, na época, surgiram comentários na imprensa internacional de que um cantor chamado Jason Malachi, que tem a voz parecida com a de Michael, é que teria feito as gravações das canções, mas as informações foram desmentidas tanto pela gravadora Sony, quanto por Jason.

As informações são do IG

Campeã do ‘X-Factor’ usará parte do prêmio para comprar frango, diz site

Siga o Música e Entretenimento : @meentreteniment    

Click here to find out more!

Melanie Amaro, 19 anos, foi a primeira no programa americano de calouros.
Ela ganhou US$ 5 milhões e não vai economizar com sua comida preferida.

A vencedora do concurso americano “The X Fator” irá separar parte dos US$ 5 milhões do prêmio para comprar frango, sua comida preferida, para o resto da vida, informou a edição digital da revista “People”, especializada em celebridades.

Chris Rene, Melanie Amaro e Josh Krajcik, finalistas do programa 'X-Factor' (Foto: Mark Davis/AFP)Chris Rene, Melanie Amaro e Josh Krajcik, finalistas do programa ‘X-Factor’ (Foto: Mark Davis/AFP)

Melanie Amaro, de 19 anos, ganhou na quinta-feira a primeira edição do “The X Factor”, programa de calouros que tem como objetivo encontrar novos talentos musicais.

Segundo a “People”, Melanie destinará os US$ 5 milhões do prêmio a uma casa para seu pai, uma massagem nos pés e frango para o resto de sua vida. “Não posso viver sem frango, é minha comida favorita. Minha vida vai mudar muito. O máximo que já tive foi US$ 200, quando era afortunada”, disse a jovem.

As informações são do G1 PoP & Arte.

Melanie Amaro é a vencedora da 1ª temporada “morninha” do “The X Factor USA”!

Siga o Música e Entretenimento : @meentreteniment    

Click here to find out more!

Melanie Amaro foi consagrada a grande vencedora do “The X Factor USA” na noite dessa quinta-feira! Além do prêmio de 5 milhões de dólares, ela leva um supercontrato com uma gravadora para lançar um CD no próximo ano!

O legal da Melanie ganhar é que ela tinha até sido cortada pelo Simon, lembra? Mas vamos combinar, o show de ontem, com as participações especiais de Avril Lavigne e R. Kelly foi bem mais interessante que o de hoje, em que os finalistas basicamente cantaram músicas de Natal. E o que dizer da participação da Alanis Morissette? Foi demais – simplesmente.

Se você ficou com a impressão de que já viu finais de Reality Shows musicais com mais emoção, talvez não seja só impressão. A primeira temporada foi morna, não fabricou uma “Kelly Clarskon” e não cumpriu com todo o “auê” que criou antes da estreia.

Shows de Stevie Wonder, Leona Lewis, Justin Bieber e outros para “quebrar o gelo”…

Subiram ao palco para se apresentar – mas não ao lado dos finalistas – Stevie Wonder, Leona Lewis com a linda “Run” e Justin Bieber. Também teve 50 Cent (Que ano é hoje mesmo?) e Pitbull cantando com o Ne-Yo!

E, sim, foram as melhores partes da noite, né? Aliás, as participações de outros cantores durante a temporada – como Florence, Bruno Mars e a própria Kelly Clarkson – foram os momentos mais legais do Reality.

O programa inteiro foi um bom entretenimento? Sim, é claro. Mas, para programas assim darem certo, é preciso que as atrações músicas façam mais sucesso e ganhem mais fãs pela música do que pelas polêmicas que envolvem o programa.

“The X Factor USA”: uma temporada complicada…

Tudo começou no ano passado, quando Simon Cowell anunciou a saída do sucesso “American Idol” para bancar o próprio programa nos Estados Unidos, o “The X Factor” – líder de audiência na Inglaterra por anos.

O primeiro baque que o programa sofreu foi a estreia de “The Voice”, que, em determinados pontos, tirava um pouco da “graça” do programa do Simon Cowell, principalmente no que se referia a cada jurado ser também um mentor e ter os seus “performers” no Reality Show.

Depois, veio todo o dilema da Cheryl Cole – demitida no meio das audições e substituída pela Nicole Scherzinger, que, aliás, pode não voltar na próxima temporada. É natural, já que aimprensa americana acabou com Nicole, dizendo que ela nunca foi uma popstar de verdade.

É verdade, falta sal (desculpa os fãs da cantora). Outro baque foi a recepção do público norte-americano ao apresentador britânico Steve Jones. Muita gente criticou o sotaque dele, outras falaram mal da pouca interação com os candidatos. Faltava sal também ao Jones.

“The X Factor USA” foi renovada para uma segunda temporada, que irá ao ar em 2012. Simon Cowell já andou dizendo que, apesar dos “baques” que levou, ele não está disposto a desistir do Reality Show musical. Mesmo que, para isso, ele mude tudo – ou todos.

Sony irá lançar Playstation 3 Dourado no Japão.

Siga o Música e Entretenimento : @meentreteniment    

A Sony anunciou que irá lançar em março de 2012 uma versão dourada do PlayStation 3. O item terá 320 GB de HD e será uma espécie de homenagem ao One Piece Warriors, jogo bem popular lá pelo Oriente.

Uma curiosidade: esse PlayStation dourado não rodará jogos do PS2. Por que será, hein? O aparelho custará cerca de R$ 1000 e será vendido somente no Japão.

Muito ouro!

As informações são do Papel PoP.