Estrela lança jogo gratuito de Banco Imobiliário para o celular

Jogo tem link para o Foursquare, por onde os usuários podem dar ‘check-in’.
Expectativa é de 1 milhão de downloads do game até o final do ano.

Banco Imobiliário Geo por enquanto estará disponível apenas para iPhone (Foto: Gabriela Gasparin/G1)

Banco Imobiliário Geo por enquanto estará
disponível apenas para iPhone (
Foto: Gabriela Gasparin/G1) 

Maior fabricante de brinquedos do Brasil, a Estrela lançou nesta quarta-feira (9) o que chama de o primeiro jogo de geolocalização do mercado brasileiro, o “Banco Imobiliário Geo”. O game, de utilização gratuita, tem link para o Foursquare, aplicativo por onde os usuários podem dar “check-in” pelo celular e informar aos amigos onde estão no momento.

Com investimento inicial de R$ 300 mil, a expectativa da empresa é de 1 milhão de downloads do game até o final do ano. Por enquanto, poderão baixar o aplicativo apenas os usuários de iPhone e a expectativa é que o game esteja disponível na Apple Store até esta sexta-feira (11). De acordo com a Estrela, dentro de um mês o jogo estará disponível também para Android. Para Windows Phone ainda não há previsão.

“O jogo é gratuito (…). Nosso objetivo é que seja jogado por milhões e milhões de pessoas no mundo inteiro”, disse Carlos Tilkian, presidente da Estrela.

A escolha do Banco Imobiliário para a estreia no meio eletrônico é justificada pelo sucesso no mercado do jogo de tabuleiro convencional que, segundo a fabricante, é o mais vendido no país.

No “Banco Imobiliário Geo”, o “tabuleiro” é o lugar onde as pessoas estão na vida real. Dessa forma, os jogadores podem comprar o Parque do Ibirapuera, em São Paulo, a Torre Eiffel, na França, ou a Estátua da Liberdade, nos EUA.

Para jogar, os usuários podem escolher “comprar” as localidades após dar “check-in” no local. Quando mais os demais participantes também derem “check-in” em um lugar, mais o imóvel fica valorizado. O jogador pode tanto escolher apenas visitar o local como fazer uma proposta de compra.

Ao visitar os locais, o jogador ganha uma carta de “sorte” ou “revés”. “O usuário pode descobrir petróleo e se transformar em um Eike Batista ou ter azar e precisar pagar impostos, como todos os brasileiros”, afirmou Tilkian.

Além de interagir com o Foursquare, as ações realizadas no “Banco Imobiliário Geo” também podem ser compartilhadas pelo Facebook.

O Itaú-Unibanco é o primeiro parceiro da Estrela no jogo. Dessa forma, as transações financeiras feitas pelos usuários acontecem pela instituição financeira. Tilkian, contudo, não descartas novos parceiros no futuro, como redes de restaurantes – todas as possibilidade do “mundo real”.

De acordo com o presidente, o Itaú ajudou na viabilização do projeto, sendo  que o capital não foi propriamente para aumento da receita. A empresa espera, ainda neste primeiro semestre, lançar outros produtos da marca no meio eletrônico. No futuro, contudo, a empresa não descarta cobrar por downloads ou fazer parcerias com outras empresas para gerar receita.

“A tendência é que, ao longo de um ano, a Estrela tenha todos os ativos e marcas importantes oferecidas com mecânica em multiplataformas, para que a gente possa acompanhar a tendência do mundo da tecnologia”, disse. De acordo com Tilkian, o meio eletrônico não vem para substituir, e sim complementar o mercado convencional.

No caso do “Banco Imobiliário Geo”, a empresa que idealizou o aplicativo junto com a Estrela foi a agência DM9DDB, o primeiro projeto de mobilidade da agência. O desenvolvimento foi feito pela agência de mídia digital Cricket Design.

Concorrência chinesa
O projeto segue a estratégia de modernização da Estrela que, “sufocada” pela concorrência chinesa, tem buscado se reinventar e manter seus brinquedos e marcas atraentes para as novas gerações muito mais ligadas tecnologia.

A concretização veio um pouco após o previsto, uma vez que a empresa esperava lançar o produto para o Natal. “Foi adiado porque na época do Natal o projeto poderia dispersar a atenção dos usuários. Então o objetivo foi postergar mais para o começo deste ano e também tivemos a possibilidade de melhorar a dinâmica do jogo”, explicou o presidente.

De acordo com Tilkian, o crescimento da empresa no ano passado foi de 20% e a expectativa é manter o mesmo patamar de alta neste ano.

No ano passado, a Estrela já havia lançado um aplicativo no Facebook do jogo Cara a Cara, no qual os usuários podem brincar usando as fotos dos seus próprios amigos. Para o Dia das Crianças, a empresa prepara o lançamento do jogo Pula Pirata com um cartão de realidade aumentada.

As informações são do G1.com

Cursos 24 Horas - Ensino a Distância ao seu Alcance

Anúncios