Radicais islâmicos ameaçam sabotar show de Lady Gaga na Indonésia

Lady Gaga durante premiação do EMA MTV Europe Music Awards em Belfast, na Irlanda do Norte (06/11/2011)

Lady Gaga durante premiação do EMA MTV Europe Music Awards em Belfast, na Irlanda do Norte (06/11/2011)

A Frente de Defensores do Islã (FPI), uma organização radical indonésia, ameaçou sabotar a apresentação da cantora americana Lady Gaga programada para junho em Jacarta, capital da Indonésia, porque ela representaria a “fé de Satã”, informou nesta terça-feira (8) o jornal “The Jakarta Post”.

“Ela vai destruir a moral da nação. Os muçulmanos estão preparados para impedir a realização do concerto”, declarou o chefe do FPI em Jacarta, Salim Assegaf, segundo o jornal.

Esta organização empreendeu uma cruzada contra Lady Gaga, a quem acusa de exibicionismo e de levar a “fé de Satã” à Indonésia, um país no qual cerca de 85% dos 240 milhões de habitantes adotam o islã.

Assegaf disse que vários membros do FPI serão enviados ao aeroporto internacional de Jacarta quando a artista chegar para impedir que ela atue na capital.

Caso a primeira tática fracasse, eles se infiltrarão entre os espectadores do concerto para afastá-los, acrescentou Assegaf.

Lady Gaga tem um show programado no estádio Bung Karno de Jacarta no dia 3 de junho, dentro de sua turnê mundial “Born this way”, um evento para o qual já foram vendidos 60 mil ingressos.

As informações são do Uol Entretenimento Música.

Cursos 24 Horas - Ensino a Distância ao seu Alcance

Anúncios