Vida das Estrelas:Silvio Santos-A crise do Banco.

Em 8 de novembro de 2010, o Grupo Silvio Santos entra em crise financeira por conta de um rombo ocorrido no Banco PanAmericano, também pertencente ao grupo. O prejuízo dado pelo banco somou uma quantia próxima a R$ 2,5 bilhões, o que provocou a necessidade de empréstimo junto ao Fundo Garantidor de Crédito para recuperar o banco. Em razão desse empréstimo, o Grupo Silvio Santos colocou como garantia para pagamento do empréstimo algumas empresas do grupo, incluindo o SBT, a Jequiti Cosméticos e o Baú da Felicidade, agravando a crise em que a emissora entrou a partir de 2007, quando perdeu a vice-liderança para a Rede Record. O prazo para pagamento desse empréstimo seria de 10 anos.

Em 1 de fevereiro de 2011, Silvio Santos anunciou a venda do Banco PanAmericano ao BTG Pactual , por R$ 450 milhões.

Em 13 de junho do mesmo ano, o Grupo Silvio Santos anunciou a venda da rede “Baú da Felicidade” ao Grupo Magazine Luiza. A rede desembolsou R$ 83 milhões pelo Baú, em uma operação envolvendo 121 lojas em São Paulo, Minas Gerais e Paraná, segundo fato relevante ao mercado. Além disso, o Magazine Luiza adiciona 3 milhões de clientes à sua base de cartões.[13]

Cquote1.svg Todas as coisas são difíceis. Todas as coisas tem que ser lutadas. E quando você consegue uma coisa fácil, desconfie, porque ela não é tão fácil quanto parece. Cquote2.svg

— Silvio Santos, em entrevista com os funcionários do SBT no Hotel Jequitimar, sábado, dia 20 de agosto de 2011. O vídeo foi exibido no dia seguinte, em seu programa, como parte das comemorações dos 30 anos da emissora.

Um comentário sobre “Vida das Estrelas:Silvio Santos-A crise do Banco.

Os comentários estão desativados.