Filha de Michael Jackson diz que voz em álbum póstumo não é de seu pai

Paris Jackson comentou com amigos em um vídeo online que o álbum inteiro “Michael” não teria sido cantado por seu pai

A filha mais velha de Michael Jackson, Paris Jackson, afirmou que a voz no álbum póstumo do cantor não pertence ao seu pai. Segundo informações do site “TMZ”, Paris teria falado que não reconhecia a voz de seu pai durante uma conversa com amigos na internet em formato de vídeo.

No chat com os colegas, Paris colocou a música “Hold My Hand” para tocar e um dos amigos perguntou o motivo de a voz do single ser diferente da do cantor e ela respondeu. “Não é ele! Não é ele no álbum inteiro! Procura na internet… no YouTube e procura por Jason Malachi. É ele”, falou. “Eu saberia se fosse ele ou não, porque ele cantava o tempo todo para mim”, completou.

O disco “Michael” foi lançado em dezembro de 2010 e, na época, surgiram comentários na imprensa internacional de que um cantor chamado Jason Malachi, que tem a voz parecida com a de Michael, é que teria feito as gravações das canções, mas as informações foram desmentidas tanto pela gravadora Sony, quanto por Jason.

As informações são do IG

Anúncios